domingo, 20 de dezembro de 2009

Receio dos menores times da F1 pode impedir lançamento coletivo em 2010


O lançamento coletivo dos carros 2010 das equipes de F1, previsto para acontecer no fim de janeiro em Valência, corre o risco de ser cancelado, segundo o site da revista inglesa “Autosport”. O motivo é o temor dos times menores de não receberem tanta atenção da mídia ao dividir espaço com potências como a Ferrari, que também terá Fernando Alonso como chamariz, e a McLaren, com sua dupla com os campeões mundiais das duas últimas temporadas, Jenson Button e Lewis Hamilton.

Os times tinham feito um acordo para que todas apresentassem seus modelos da próxima temporada simultaneamente na Espanha. Havia dois objetivos nessa empreitada. O primeiro, muito óbvio, reduzir ainda mais os custos das equipes. O outro era proporcionar aos fãs da categoria uma maior proximidade com os personagens do esporte.
Porém, dificuldades como a definição de pequenos detalhes do evento, além do temor das menores equipes de ficarem “escondidas”, se transformaram em entraves para a finalização do acordo entre as escuderias.
Mesmo com os problemas, as equipes ainda estão interessadas em promover o lançamento coletivo. Por isso, ainda trabalham para costurar um acerto que satisfaça a todos. Se ainda assim não houver um consenso, o evento será cancelado, e os times seguirão a moda antiga de apresentações, cada um por si.

Nenhum comentário: