sábado, 2 de julho de 2011

Piada de Portuga

Um casal de portugueses morava em uma fazenda muito afastada da cidade, e numa noite muito chuvosa, Pedro  que era amigo de Manoel, chegava a cavalo, pois estava de passagem mas a tempestade o surpreendeu.
Manoel então, todo educado, convida o amigo para passar a noite em sua pequenina casa. Maria a esposa não concorda e vai falar com Manoel:
- Manoel... Nossa casa é pequena, só tem um quarto, uma cama... Onde vais dormir teu amigo??
Manoel já irritado e todo grosseiro responde:
- Meu amigo vais dormire aqui e acabou!! Eu durmo ao canto da parede, tu Maria dormes ao meio e meu amigo ao lado de fora da cama.
Maria reluta:
- Mas Manoel, dormes tu ao meio e eu no canto da parede.
- Não!! Vais dormire ao meio e não se fala mais nisso!!
Pela manhã, quando acorda, Manoel não vê o amigo e pergunta pra Maria onde ele foi. Maria responde toda envergonhada:
- Ai Manoel... Que vergonha!! Durante a noite, teu amigo começou a se esfregaire, começou a me bolinaire... Daí Manoel, aconteceu!!!
O Manoel então puto da vida, fala pra Maria:
- Ah ééééé!!! E tu querias que eu dormisse ao meio?!?!?!? 

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Piada de Biscate

Aquele garanhão, depois de aprontar poucas e boas, resolve se casar, mas tinha que ser com uma virgem. Numa cidade do interior, conhece uma moça muito religiosa, ingênua e recatada, apaixona-se e logo os dois vão para o altar.
Na noite de núpcias, ele toma aquele banho, barbeia-se esmeradamente, perfuma-se, veste o roupão para não chocar a moça e com um sorriso de colecionador de cabaços, abre a porta do banheiro. Dá de cara com a moça deitada na cama, nua, de pernas abertas.
Surpreso, ele comenta:
- Mas querida! Eu imaginava te encontrar ajoelhada ao pé da cama e...
E ela, interrompendo:
- Se você quiser assim, tudo bem! Mas já vou avisando... esta posição é uma merda!

Piada de Bêbado

Num ônibus, um padre senta ao lado de um sujeito completamente bêbado, que tenta, com muita dificuldade, ler o jornal.
Logo, com voz empastada, o bêbado pergunta ao padre:
- O senhor sabe o que é artrite?
Irritado, o pároco respondeu:
- É uma doença provocada pela vida pecaminosa e desregrada, mulheres, promiscuidade, farras, excesso do consumo de álcool e outras coisas!
O bêbado calou-se e continuou com os olhos fixos no jornal.
Alguns minutos depois, achando que tinha sido muito duro com o bêbado, o padre tenta amenizar:
- Há quanto tempo o senhor está com artrite ?
- Eu? Eu não tenho isso não ! Segundo esse jornal aqui, quem tem é o Papa!!!

Piada de Caipira

 O caipira foi ao médico:

- Doutor, antes de mais nada, queria dizer-lhe que fui ao farmacêutico, primeiro.

- Ah é? E que besteira ele mandou você fazer?

- Disse que era para procurar o Sr.    

Piada de Casal

Um sujeito resolve levar sua mulher para jantar. Após serem atendidos pelo garçom, a mulher diz:
- Amor, você está vendo aquele cara ali naquela mesa, enchendo a cara de uísque?
- Estou, e daí? Você o conhece?
- É o meu ex-marido! Eu me separei dele há cinco anos e até hoje ele não conseguiu parar de beber!
E o sujeito:
- Não diga uma asneira dessas! Ninguém consegue comemorar tanto tempo assim!!!

Piada de Corinthiano

Um Corinthiano de carteirinha vai ao cartório registrar o nascimento de sua filha, e a atendente pergunta:
– Qual o nome?
– Arquibancada do Corinthians!- Responde ele orgulhoso.
– Meu senhor, não posso registrar a criança com um nome assim, a lei não permite!
– Como? Só porque eu sou corinthiano? Isso é preconceito! Um amigo meu, também fanático por futebol, conseguiu dar um nome parecido para o filho, neste mesmo cartório!
– E qual o nome?
– Geraldo Santos!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Piada de Gaúcho

O gaúcho chega para o filho e diz:
-Por que choras, guri?
O menino, com olhos vermelhos de tanto chorar, olha para o pai e diz:
-Bah pai, o guri no colégio, olhou na minha cara e me chamou de veado, tchê!
O pai, gaúcho dos pampas, enfurecido diz:
-Barbaridade, o guri te chama de veado e tu não faz nada? Por que não bateu na cara dele?
Diz o filho:
-Mas eu não podia pai!
-Por que não podia? O guri era grande?
-Não pai, o guri era bonito uma barbaridade!    

Piada de Japonês

O japonês chega todo esbaforido ao distrito policial e o delegado de polícia pergunta:
- Que foi que aconteceu?
- Sinoru deregadu, radron roba japón na rua, di noite, né? Roba rerógiu, roba dineru, roba sapatu e tira pressôn di japón!
- Peraí, japonês! - Estranha o delegado. - Acho até normal o ladrão lhe ter roubado o relógio, o dinheiro, os sapatos! . . . Mas daí a lhe ter tirado a pressão, acho estranhíssimo! Será nova modalidade de crime que ainda não conheço?
- Eu exprica, sinoru deregadu. Primeru japón peidava ´fiiiiiii´, agora japón peida ´hóóóóóóóóó´!    

Piada de Judeu

Na rodoviária o judeu pergunta pro taxista quanto custa a corrida até o hotel Ipiranga?

- São cinqüenta reais - responde o taxista.

- E a bagagem?

- A bagagem é de graça.

- Ok, então leva as bagagens que eu vou a pé.    

domingo, 26 de junho de 2011

Piada de Louco

O hospício tava lotadaço, os médicos queriam se desfazer de alguns doidos. Então colocaram todos os malucos para pular em um trampolim em uma piscina. Só que estava totalmente vazia. Foi o primeiro, pulou e se esborrachou no chão, o segundo, o terceiro, e todos caiam direto no fundo da piscina. Aí um dos doidos chegou, subiu no trampolim, olhou para baixo e voltou. O médico pensou:
- Oba, esse aí eu posso liberar, ele não pulou. - Por que você não pulou?
- Não conta pra ninguém não, mas é porque não sei nadar.

Piada de Médico

Um rapaz vai á um consultório médico, dar uma olhada rotineira em sua saúde, ao fim da consulta o médico fala ao paciente o seguinte:
- A consulta é R$ 250,00.
- Não tem como o senhor fazer mais barato para seu companheiro de profissão? Perguntou o paciente.
- Não, por que o senhor também é médico? Perguntou o médico.
Ele responde:
- Não, sou ladrão!    

Piada de Padre


O Zé chega todo esbaforido na igreja e quer ser o primeirão a se confessar:
 - Bença padre.
-
Deus o abençoe meu filho.
- Padre, o sr. lembra do João pintor?

- É claro meu filho.
 - Pois é Padre, o João veio a falecer.
- Que pena, morreu de quê?
- Olha, Padre. Eu moro numa rua sem saída e minha casa é a
última. Ele desceu com o carro e bateu no muro lá de casa.


- Coitado, morreu de acidente.
- Não, ele bateu com o carro no muro e voou pela janela. Caiu
dentro do meu quarto e bateu a cabeça no meu guarda-roupa de madeira.
- Que pena, morreu de traumatismo craniano.
- Não Padre... Ele tentou se levantar pegando na maçaneta da porta
que se soltou e ele rolou escada abaixo.
- Coitado, morreu de fraturas múltiplas.
- Não Padre, depois de rolar a escada ele bateu na geladeira, que caiu em cima dele.
- Que tragédia, morreu esmagado.
- Não, ele tentou se levantar e bateu as costas no fogão que tombou derramando a sopa que estava fervendo em cima dele.
- Coitado, morreu queimado.
- Não Padre, no desespero saiu correndo, tropeçou no cachorro e foi direto na caixa de força.
- Que pena, morreu eletrocutado.
- Não Padre, morreu depois que eu dei dois tiros nele.
- Filho, você matou o João?
- Uai, o filho da puta tava destruindo a minha casa toda! . . .

Piada de Papagaio

Tarde da noite, um ladrão entrou numa casa que ele achava que estava vazia. Com cuidado, na ponta dos pés, atravessou a sala, mas de repente parou, apavorado, quando ouviu uma voz dizer:
“Jesus está te olhando. ”
A casa ficou silenciosa de novo, e o ladrão continuou a andar. “Jesus está te olhando”
A voz falou de novo. O ladrão parou de novo. Ele estava apavorado. Nervoso, ele olhou em volta. Num canto escuro, ele notou uma gaiola, e um papagaio dentro dela. Ele perguntou para o papagaio:
- Foi você que disse que Jesus esta me olhando?
- Sim. - Respondeu o papagaio.
O ladrão deu um suspiro de alívio, dai perguntou ao papagaio:
- Qual é seu nome?
- Clarence. - Disse o papagaio.
- Este é um nome muito besta para um papagaio. - Disse o ladrão
- Quem foi o idiota que te deu este nome?
- O mesmo idiota que deu o nome de Jesus para o rottweiler.    

Piada de Pilítico

Dilma passeava de carruagem em Londres com a Rainha Elizabeth II. De repente, o cavalo solta um baita de um peido. O mau cheiro enfesta o veículo e a rainha, constrangida, se desculpa:

-Excelência, sinto muito o que aconteceu! Estou muito envergonhada. . .

-Não se preocupe, companheira majestade. Isso acontece. . . Eu até pensei que tivesse sido o cavalo!