sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Piada de Joãozinho

Na escola, a professora falava dos animais:
- Para que serve a ovelha, Marcinha?
- Pra nos dar a lã, fessora...
- E para que serve a galinha, Marquinho?
- Pra nos dar os ovos...
- E para que serve a vaca, Joãozinho?
- Pra nos passar o dever de casa...

Piada de Joãozinho

A professora pergunta ao Joãozinho:
- Quantos ovos uma galinha põe por dia?
- Não sei, fessora.
E com ironia ela diz:
- Te peguei.
Ele também faz uma pergunta:
- Fessora, quantas tetas tem uma porca?
- Não sei.
- Viu, tu me pega pelos ovo que eu te pego pelas tetas!!!

Piada de Animais

Uma moça passeava perto de um lago quando de repente apareceu um sapo dizendo:
- Olhe, eu sou um PhD e fui transformado em um sapo por uma bruxa malvada. Se você me beijar, eu caso com você e seremos felizes para sempre!!!
A mocinha toda contente, pegou o sapo e o colocou no bolso da jaqueta. Enquanto ela ia a caminho de casa, o sapo começou a ficar impaciente e perguntou:
- Ei, você não vai me beijar???
Nisto ela respondeu:
- De jeito nenhum!!! Eu faço mais dinheiro com um sapo falante do que com um marido PhD.

Piada de Animais

Um belo dia, na floresta, a onça reparou que o macaco pulava nervoso de galho em galho, segurando um rolo de corda.
- Que é isto, macaco??? Esta vendendo corda?
- Ué, você não soube da desgraça que vai acontecer???
- Não, vem cá em baixo e me conta.
- Você nao merece minha confiança e vive querendo me pegar. Não chego perto de você nem a pau.
- Pô, macaquinho, conta a novidade pra sua amiguinha, vai.
- Vou contar daqui mesmo. Mas só por uma questao de humanidade, pois onça tambem é gente.
- Tô ouvindo...
- Seguinte: Os gnomos da floresta contaram que daqui a duas horas vai chegar um tornado por aqui, com ventos muito fortes que levarão tudo que não estiver bem preso. Inclusive eles já abandonaram a casinha e foram se esconder na caverna. Só que a caverna já esta cheia e a bruxa também foi pra lá. Cê sabe, a bruxa não gosta de bichos.
- Tô sabendo. Também tenho medo dela. Mas e daí?
- Bem, arranjei esta corda comprida e estou procurando uma árvore bem forte para me amarrar. Acho que uma daquelas duas ali serve. Se eu fosse você ia pra caverna.
- Nem pensar. A bruxa esta afim de me transformar em sapo. Hmmm. Me arranja um pedaço da corda, em nome de nossa velha inimizade? Prometo que nunca mais lhe persigo.
- Hmmmm. Tá legal. Mas promessa é dívida, tá? Toma lá este pedaço bem grande.
- Valeu. Mas e agora, como faço para me amarrar? Não quer me ajudar?
- Primeiro você abraça aquela árvore ali, a mais grossa. Amarra bem as patas traseiras que depois eu amarro as dianteiras.
- Tá pronto.
- Estão bem amarradas?
- Vê só. Nem consigo mexê-las. Pode descer e amarrar as dianteiras.
- Já estou descendo. Pronto já amarrei as dianteiras. Vê se consegue mexê-las...
- Nem um pouco.
- Legal, agora deixa eu jogar fora este resto de corda.
- Ué. E você? E porque esta tremendo tanto? Medo do vento?
- Que medo que nada. Que vento que nada. Estou tremendo de nervoso. É a primeira vez que vou comer um cú de onça...

Piada de Argentino

Por que os argentinos, em geral, preferem não se casar?

R: Eles nunca encontraram uma mulher que os amasse mais do que eles se amam.

Piada de Político

Um senador está andando tranqüilamente quando é atropelado por um caminhão e morre. A alma dele chega ao Paraíso e dá de cara com São Pedro na entrada.
- Bem-vindo ao Paraíso! - diz São Pedro - Antes que você entre, há um probleminha. Raramente vemos parlamentares por aqui, sabe, então não sabemos bem o que fazer com você.
- Não vejo problema, é só me deixar entrar - diz o antigo senador.
- Eu bem que gostaria, mas tenho ordens superiores. Vamos fazer o seguinte: você passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Aí, pode escolher onde quer passar a eternidade.
- Não precisa, já resolvi. Quero ficar no Paraíso - diz o senador.
- Desculpe, mas temos as nossas regras.
Assim, São Pedro o acompanha até o elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno. A porta se abre e ele se vê no meio de um lindo campo de golfe. No fundo ele vê o clube na frente do qual estão todos os amigos dele e outros políticos que haviam trabalhado com ele. Todos muito felizes em traje social. Ele é cumprimentado, abraçado e eles começam a falar sobre os bons tempos em ficaram ricos às custas do povo. Jogam uma partida descontraída depois comem lagosta e caviar. Quem também está presente é o Diabo, um cara muito amigável que passa o tempo todo dançando e contando piadas. Eles se divertem tanto que, antes que ele perceba, já é hora de ir embora. Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o elevador sobe. Ele sobe,sobe, sobe e porta abre outra vez. São Pedro está esperando por ele.
- Agora é a vez de visitar o Paraíso.
Ele passa 24 horas junto a um grupo de almas contentes que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando. Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia se acaba e São Pedro retorna.
- E aí? Você passou um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Agora escolha a sua casa eterna.
Ele pensa um minuto e responde:
- Olha, eu nunca pensei, mas... O Paraíso é muito bom, mas eu acho que vou ficar melhor no Inferno. Então São Pedro o leva de volta ao elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno. A porta abre e ele se vê no meio de um enorme terreno baldio cheio de lixo. Ele vê todos os amigos com as roupas rasgadas e sujas catando o entulho e colocando em sacos pretos. O Diabo vai até ele e passa o braço pelo ombro do senador.
- Não estou entendo - gagueja o senador - ontem mesmo eu estive aqui e havia um campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e nós dançamos e nos divertimos o tempo todo. Agora só vejo esse fim de mundo cheio de lixo e meus amigos arrasados.
O Diabo olha pra ele, sorri e diz:
- Ontem estávamos em campanha. Agora já conseguimos seu voto!'

Piada de Louco

Dois loucos tomavam sol na beira da piscina do manicômio até que um deles se jogou na água e afundou. Mais do que depressa o seu amigo, num ato heróico, pulou para salvá-lo.
No dia seguinte o diretor do manicômio foi falar com o "louco salva-vidas":
- Meu rapaz, eu tenho duas notícias para lhe dar! Uma boa e outra ruim: A boa é que você finalmente vai ter alta! Você salvou uma vida e então nós concluímos que você está curado!
O louco deu um sorriso de agradecimento.
- A notícia ruim é que o rapaz que você salvou ontem se enforcou!
- Não Doutor, ele não se enforcou...
- Como não? Nós o encontramos enforcado com o seu próprio cinto, hoje de manhã!
- Ah, mas fui eu que pendurei ele pra secar!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Piada de Casal

 Duas amigas encontram-se no céu e uma pergunta para a outra:
- Como você morreu?
- Congelada.
- Ai que horror!!! Deve ter sido horrível| Como é morrer congelada?
- No começo é muito ruim: primeiro são os arrepios, depois as dores nos dedos das mãos e dos pés, tudo congelando... Mas, depois veio um sono muito forte e depois perdi a consciência. E você, como morreu?
- Eu? De ataque cardíaco. Eu estava desconfiada que meu marido me traía. Um dia cheguei em casa mais cedo. Corri até ao quarto e ele estava na cama, calmamente assistindo televisão. Desconfiada, corro até o porão, para ver se encontrava alguma mulher escondida, mas não encontrei ninguém. Corri até o segundo andar, mas também não vi ninguém. Subi até o sótão e, ao subir as escadas, esbaforida, tive um ataque cardíaco e caí morta.
- Oh, que pena... Se você tivesse procurado no freezer, nós duas estaríamos vivas...

Piada de Casal

Um homem tinha verdadeira paixão por feijão, mas ele lhe provocava muitos gases, criando situações embaraçosas sempre que o comia. Um dia ele conheceu uma garota e se apaixonou. Mas pensou: 'Ela nunca vai se casar comigo se eu continuar desse jeito.' Então fez um sacrifício enorme e deixou de comer feijão. Pouco depois os dois se casaram. Passados alguns meses, quando ele voltava para casa, seu carro quebrou. Ele telefonou para a esposa e avisou que ia chegar mais tarde, pois voltaria a pé. No caminho de volta para casa, passou por um restaurante e o aroma maravilhoso do feijâo lhe atingiu em cheio. Como ainda estava distante de casa, pensou que qualquer efeito negativo passaria antes de chegar. Então entrou e comeu três pratos fundos de feijão. Durante todo o caminho, foi para casa peidando, feliz da vida. E quando chegou já se sentia bem melhor. A esposa o encontrou na porta e parecia bastante excitada. Ela disse:
- Querido, o jantar hoje é uma surpresa.
Então ela lhe colocou uma venda nos olhos e o levou até a mesa, fazendo-o sentar-se à cabeceira. Nesse momento, aflito, ele pressentiu que havia um novo peido a caminho. Quando a esposa estava prestes a lhe remover a venda, o telefone tocou. ela foi atender, mas antes o fez prometer que não tiraria a venda enquanto não voltasse. Ele, claro, aproveitou a oportunidade. E, assim que ficou sozinho, jogando seu peso para apenas uma perna, tombando meio de ladinho,  soltou um senhor peido. Nâo foi apenas alto, mas também longo e picotado. Parecia um ovo fritando. Com dificuldade para respirar, devido à venda apertada, ele tateou na mesa procurando um guardanapo e começou a abanar o ar em volta de si, para espantar o cheiro. Mas, logo em seguida, teve vontade de soltar outro. Levantou a perna e... RRRRRRRRRRROOOOOOOOOOOOUUUUUUUUUUMMMMMMM!!... Esse, então, soou como um motor a diesel pegando e cheirou ainda pior!... Esperando que o odor se dissipasse, ele voltou a sacudir os braços e o guardanapo, frenéticamente, numa animada e ridícula coreografia. E quando pensou que tudo voltaria ao normal, lá veio a vontade outra vez. Como ouvia a mulher, lá dentro, continuando a falar no telefone, não teve dúvidas: jogou o peso sobre a outra perna e mandou ver. Desta vez merecia medalha de ouro na categoria. Enxofre puro. As janelas vibraram, a louça na mesa sacudiu, e em dez segundos as flores no vaso sobre a mesa estavam mortas. Ouvido atento à conversa da mulher no telefone, e mantendo a promessa de não tirar a venda, continuou peidando e abanando os braços por mais uns três minutos. Quando ouviu a mulher se despedir no telefone, já estava totalmente aliviado. Colocou o guardanapo suavemente no colo, cruzou as mãos sobre ele e chegou a sorrir vitorioso, estampando no rosto a inocência de um anjo. Então a esposa voltou à sala, pedindo desculpas por ter demorado tanto ao telefone, e lhe perguntou se ele havia tirado a venda e olhado a mesa de jantar. Quando teve a certeza de que isso não havia acontecido, ela própria lhe removeu a venda e gritou:
- SURPRESAAAA!
E ele, finalmente, deu de cara com os doze convidados sentados à mesa para comemorar seu aniversário.

Piada de Velhinho

Um homem de 80 anos está sentado num banco de jardim, chorando copiosamente. Um moço, passando pelo local, fica comovido com a cena e sentase ao seu lado, resolvendo puxar assunto:
- O que o aflige, senhor?
- Estou apaixonado por uma moça de 22 anos...
- E o que há de mal nisso? O senhor não é correspondido?
- Claro que sim. Não é o que você está pensando. Moramos juntos, eu e ela, que é lindíssima. Toda manhã, antes de ela ir ao trabalho, nós transamos. Na hora do almoço, ela volta para casa, nós transamos de novo, e ela me prepara um dos meus pratos preferidos. De tarde, se ela tem tempo, ela volta para casa e me faz uma felação, e olha que ela entende do assunto! Finalmente, quando chega a noite, voltamos para o nosso ninho de amor e transamos a noite toda...
- Então eu não entendo. Parece-me que vocês estão vivendo uma relação perfeita. Por que o senhor está chorando?
- Esqueci onde eu moro!

Piada de Velhinho

- Nestes 60 anos de casamento eu te trai 03 vezes...- desabafa a velhinha. - Mas foi por amor a você e posso explicar...
- Como??
Retruca o velhinho... A velhinha balançando a cadeira começa a explicar: - A 1ª vez, você lembra quando a gente era recém-casados, e você reclamava muito do teu emprego, você gostava muito do emprego mais estava ganhando pouco, não estava dando pra mobiliar a casa??
- Lembro - responde o velhinho...
- Você lembra que em um determinado dia o teu patrão te chamou e te deu um aumento de salário bem grande??
- Lembro - responde o velhinho...
- Então!! Eu fui até teu emprego, expliquei nossa situação para teu patrão... mas tive que transar com ele....
- E a 2ª vez?? pergunta o velhinho...
- Você se lembra daquela vez que você estava muito doente?? mas muito doente mesmo?? e tinha que ser operado urgentemente??
- Ah!!! Me lembro...
- Você se lembra que tinha uma fila de espera muito grande, e se você fosse esperar morreria??
- Lembro - responde o velhinho...
- Você se lembra que um médico te chamou... Te operou e você esta vivo até hoje graças a essa operação??
- Lembro - responde o velhinho...
- Então... Fui ate o hospital...expliquei sua situação pro médico... mas tive que transar com ele....
Houve um silencio entre os dois.... O velhinho pergunta:
- E a 3ª vez??
- Você se lembra de quando foi candidato a prefeito daquela cidadezinha onde moramos??
- Lembro - responde o velhinho...
- Você se lembra que precisava de 3 mil votos pra se eleger????????